terça-feira, 23 de abril de 2013

CLARO QUE PODE! NÃO TEM NADA A VER...


Por BRUNA E RHANÚSIA
Em: Eu Escolhi Esperar

Há um tempo atrás havia um preconceito muito grande contra aqueles que serviam a Cristo.

Quem é que nunca estudou com alguém que frequentava a igreja "dos crentes" e achava que ele mais parecia um extraterrestre?

Ele levava uma vida diferente da nossa. Não ia a baladas e festas, tinha sempre compromissos na igreja e sua postura era outra...

Mas hoje em dia tudo é diferente! Muitas vezes nem sabemos se o amigo do lado é um servo do Senhor.

Essa é a época do tudo pode, pois, não tem nada a ver!

A igreja está cheia de pessoas vazias de Deus.

Ao invés de viverem (e pregarem) o verdadeiro Evangelho de Cristo (onde Ele não é substituído por qualquer outra coisa perecível e passageira...), que nos chama a uma vida de renuncia, de amor, santidade; escolhem viver o evangelho (anátema) do nada a ver, pode sim!

Nada a ver ir a uma balada encher a cara e nem lembrar como chegou em casa (se é que chegou!), nada a ver fumar e beber, nada a ver fazer sexo antes do casamento (é descartável mesmo, né? Lavou ta novo! Faz bem pra pele, pro cabelo.... #misericórdia), nada a ver ficar sem ler a Bíblia, nada a ver trair meu companheiro ou companheira (se a Griselda pode, eu também posso!), nada a ver frequentar a igreja apenas quando não tenho outra coisa para fazer (ou quando a situação aperta...), nada a ver mentir e enganar alguém... E por aí vai. É uma infinidade de atitudes vistas na Igreja de hoje.

Porém, tudo isso tem sim muito a ver.

Quando temos CONVICÇÃO do pecado, ou seja, o Espírito Santo habitando em nós, o que deve acontecer é a conversão da maneira de viver e agir. A base da transformação é fazer o caminho inverso!

Quando conhecemos verdadeiramente a Cristo e entendemos que só através Dele alcançamos a Salvação, isso se torna nossa meta de vida. O aperfeiçoamento é inevitável (para os que tem o Espírito). E assim como a velha criatura que éramos (muitos ainda são velhas criaturas!), o nada a ver também precisa deixar de existir.

O que não agrada ao Senhor não deve mais ter lugar certo em nossa vida.

Escolhemos então, ser diferença e viver aquilo que Deus tem reservado para nós.

Nos diminuindo para que Ele venha a crescer em nós (João 3:30).

A Palavra do Senhor nos diz que não vivemos mais, e sim Cristo vive em nós.

Enquanto a sociedade prega que tudo isso não passa de caretice, nós, pela Fé, abandonamos tudo aquilo que nos afasta do Pai, escolhendo viver Sua Vontade para nossa vida.

Enquanto o mundo nos apresenta os prazeres da carne, que, "aparentemente" só nos farão bem, escolhemos viver na dependência do Espírito que sempre nos conduzirá a viver em liberdade e não em libertinagem.

Romanos 8:13 e 14:
"Porque, se viverdes segundo a carne, caminhais para a morte; mas, se, pelo Espírito, mortificardes os feitos do corpo, certamente, vivereis. Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus"

 No amor de Cristo,

Nenhum comentário:

Postar um comentário